BRK Ambiental: novas parcerias e aquisição de concorrentes

17 de Julho de 2018

Henrique Carsalade Martins | Brookfield Brasil | BRK Ambiental: novas parcerias e aquisição de concorrentes
Muita sede, pouca água

A prestadora de serviços de água e esgoto BRK Ambiental (ex-Odebrecht Ambiental) terá como foco, nos próximos quatro anos, a compra de concorrentes e novas parcerias público-privadas, diz a presidente, Teresa Vernaglia. A companhia, comprada pela gestora canadense Brookfield em abril de 2017, monitora municípios que poderão se transformar em uma PPP ou concessão, o que aumentaria em 20 milhões o número de pessoas atendidas. Não há, porém, oportunidades concretas neste momento.

“As eleições afetam muito as licitações. Não deveremos ter, nem em 2018, nem em 2019, um ‘boom’ de novos projetos. Se surgirem oportunidades, estaremos em todas”, afirma. Além das restrições por causa da disputa eleitoral, a crise econômica e dificuldades regulatórias travam maiores investimentos no setor, diz ela.
“A previsão é nos tornarmos uma empresa de R$ 4 bilhões até 2022 sem considerar novos ativos, mas nosso mandato não foi desenhado para ficar só no que temos hoje.”
R$ 2,1 bilhões
 foi o faturamento em 2017. 15 milhões
 de pessoas são atendidas hoje em 12 estados do país. Fonte: Folha de São Paulo Tags relacionadas: Brookfield, Brookfield Brasil, Brasil, CEO, Luiz Ildefonso Simões Lopes, Luiz Lopes, Economia, Ativos, Setores, Infraestrutura