O futuro dos escritórios no pós-pandemia de Covid-19

20 de Agosto de 2020

Henrique Carsalade Martins | Brookfield Brasil | O futuro dos escritórios no pós-pandemia de Covid-19

Os trabalhadores de hoje provavelmente nunca imaginaram que teriam que viver e executar as tarefas profissionais durante uma pandemia. Os bloqueios projetados para desacelerar a disseminação de Covid-19 estimularam muitas empresas a aproveitar rapidamente a tecnologia para transferir boa parte da sua operação para o trabalho remoto.

Essa experiência levantou uma grande questão: a solução rápida do home office se tornará uma regra a longo prazo? Isso levará a uma queda na demanda por espaço para escritórios?

A Brookfield Asset Management acredita que não. As empresas de sucesso valorizam o poder da colaboração pessoal na formação de uma cultura corporativa dinâmica, e seus funcionários também. Embora o trabalho remoto possa ser eficaz a curto e médio prazo, ele não pode substituir a interação humana para sempre.

Certamente, mudanças potenciais na demanda de escritórios dependerão de fatores mais amplos. O desenvolvimento de uma vacina ou tratamento eficaz para Covid-19 também mudará o jogo na evolução da pandemia e seus efeitos sobre o emprego.

Trabalhar em casa acabará se tornando um complemento, em vez de um substituto para o escritório. Enquanto o trabalho remoto pode fornecer flexibilidade para os funcionários, o trabalho de escritório permite colaboração, conexão e cultura - ingredientes essenciais para o crescimento da empresa, gerenciamento e controle de riscos e desenvolvimento dos funcionários. Fonte: Brookfield Asset Management